O cheiro de terra molhada e a tranquilidade do interior vêm dividindo espaço com o movimento causado pelos eventos relacionados ao mundo rural. O celeiro de alimentos do Brasil agora tem orgulho de aparecer e isso deve-se a autoafirmação e  a assunção da vocação rural do país. Essa força está bastante concentrada no Centro-Oeste, no Sul e no interior do Sudeste – juntas, essas três regiões concentram 81% dos eventos rurais realizados no país. A pujança econômica desse mercado pode ser avaliada em segmentos como as vaquejadas, os “rodeios” do Nordeste, que arrecadam anualmente mais de R$ 50 milhões, ou pelos shows sertanejos, que só no Mato Grosso do Sul geram uma renda de R$ 30 milhões.