Ingressos a R$ 500,00 ou shows em praças públicas? Estrelas do rock mundial ou duplas sertanejas? Shows de axé ou concertos de música erudita? Casas de funk ou festivais de jazz? Toda essa diversidade mostra que a música é uma plataforma múltipla, de grande aceitação popular e que oferece alternativas para todos os perfis de público. Não é por menos que essa linguagem sempre teve posição de destaque no universo do entretenimento nacional e no radar de empresas e marcas que desejam criar maior conexão com seus consumidores.